top of page

Silvia Mecozzi (1956), mora em São Paulo.

 

Neta de Arnaldo Mecozzi - pintor da tradição sacra italiana, participou da pintura dos afrescos do Palácio Apostólico Castel Gandolfo. E filha de Vicente Mecozzi, mestre e pintor atuante nos grupos Guanabara e Santa Helena.

 

Artista multimídia, constrói seus projetos em diferentes plataformas como a pintura, escultura, têxteis, papel, bi e tridimensional, e provoca também em vídeo.

Sua obra dialoga dentro e fora com o corpo através de elementos que variam entre côncavo e convexo, liso e peludo, leve e pesado, para dar conta da complexidade da anatomia e da mente humanas, em metáforas da existência.

 

Arquétipos eróticos e sexualidade são fronteiras que atravessam suas criações, incorporados à noção de paisagem, confundindo narrativas.

 

Todo o seu trabalho remete a um lugar do sentir.

olódòdó

foi tão corpo que foi puro espírito

branco de si

deserto das palmas

versos plásticos

ouriças e silenciosas

o mundo é um rascunho

bottom of page